Este blog é o meu blog pessoal, onde podem deixar comentários etc... Desde já obrigado pela a sua visita....
Domingo, 9 de Março de 2008
Amigo (a)...

Saber que tu existes
E que posso contar contigo
É o suficiente para saber que
Não estou sozinho.

Telefonar para falar das coisas
Às vezes é  para passa  o tempo
Que não deixa de ser
A forma para dizermos
Que gostamos um do outro
E que é impossível viver
Sem manter este contacto.

Algumas vezes também
Por mais que não quere - mos
Somos conselheiros,
Pais, irmãos, amores e cúmplices
Tudo acontecendo com naturalidade
Apoiamos em nossas afinidades
Confiamos com toda intensidade
E nos ajudamos mutuamente.

Amizade é isso:
Doar-se sem reservas.
Amizade sem fronteiras é:
Sentirmos espontaneamente
Que o outro não é uma simples pessoa
Mas um ser muito especial
Que chamamos de amigo(a)
Não por chamar mas por de facto  de o ser
Quer seja  virtual ou  real
Sempre é bom ter - te amigo(a).

Simplesmente Eu...

Paulo Santos



publicado por paulojsantos às 16:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 8 de Março de 2008
Feliz dia da mulher...

Poço de coragem e sensibilidade

força, graça e tanta beleza

que me dá a mais firme certeza

de ser a maior fonte da Felicidade

 

Mãe terna e amiga irmã gentil
 
namorada, mulher e companheira

nas cumplicidades sempre a primeira

Sol de oiro em céu azul de anil

 

Colega, chefe na mesma equipa

orquídea, rosa, cravo e tulipa

construindo comigo o mesmo jardim

 

Maria, Helena, Ana ou Filipa

mulher que ganhou direito de dia assim

Que a reconheça e lhe agradeça por Fim!
 
 
 
Simplesmente Eu...
 
 
Paulo Santos

 


publicado por paulojsantos às 09:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 7 de Março de 2008
O último amor...

Era o último amor. A casa fria,
os pés molhados no escuro chão.
Era o último amor e não sabia
esconder o rosto em tanta solidão.

 

 

Era o último amor. Quem adivinha
o sabor breve pela escuridão?
Quem oferece frutos nessa neve?
Que rasga com ternura o que foi verão?
 
 
Era o último amor. O mais perfeito
fulgor do que viveu sem as palavras.
Era o último amor, perfil desfeito
entre lumes e vozes e passadas.
 
 
Era o último amor e não sabia
que os pés à terra nua oferecia.
 
 
Simplesmente Eu...
 
 
Paulo Santos


publicado por paulojsantos às 23:11
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 6 de Março de 2008
Adivinho...
Adivinho o teu pensamento
O teu desejo e disposição
Adivinho o que te vai no Coração
Mesmo agora, neste momento
 
Sei de cor quem tu és
À força de muito Amor
Adivinho o teu ardor
O que tens do topo aos pés
 
Leio a profundeza do teu olhar
Adivinho o que me vais dizer
Apenas me é vedado conhecer
 
Porque um dia te fiz chorar
E na minha arte de adivinhar
Essa é a virtude por preencher!
Simplesmente Eu...
Paulo Santos
 


publicado por paulojsantos às 07:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 5 de Março de 2008
O que é o amor...
Conheci-te sem querer...
Por acaso ou por destino,
À minha porta foste ter...
Num lindo dia de domingo!!!
Começou uma linda amizade
Uma conversa boa e saudável,
Sim, foi bem verdade...
que foi algo de muito agradável!
Ficamos assim amigos,
Uma amizade pura e sincera.
E então todos os domingos,
Lá ficava à tua espera!
Sentia a tua ausência,
Sem saber qual a razão.
Sabia que trazias alegria,
Mas não encontrava explicação!
Dia após dia fui descobrindo
O quanto  tu és especial...
Lentamente fomos sentindo
O que nos unia afinal...
O amor aconteceu
Sem nenhum de nós o esperar.
O pavor e o tédio despareceu,
Para ao AMOR dar Lugar!!!
Simplesmente Eu...
Paulo Santos


publicado por paulojsantos às 06:59
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 4 de Março de 2008
Encontar um amigo...
Encontrar um amigo é descobrir
um tesouro e talvez seja até mais;
pois um amigo é sempre alguém que traz
mais consistência a nós: por existir.

Um tesouro é inerte e tanto faz
qual sentimento estamos a curtir
Um tesouro não tem como influir.
O amigo é diferente: ele é capaz
de se alegrar conosco ou de sofrer
quando estamos sofrendo.

Um bom amigo
eu hei de conservar sempre comigo
a fim de me escutar e compreender
a fim de, se eu errar, me aconselhar
e, se eu cair, do chão me levantar.
Simplesmente Eu...
Paulo Santos


publicado por paulojsantos às 07:09
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 3 de Março de 2008
Publicação da carta enviada ao Senhor Ministro do Ambiente...

(Serra do Açor, Parque eólico das Malhadas)
Paulo Jorge Silva Santos
Rua das Amoreiras Nº122
 0000-000 Coimbra
Telefone: 000 000 000
Ministério do Ambiente
Praça do Comércio Nº 23
0000-000 Lisboa
 
Assunto: Construção do Parque Eólico na Serra do Açor.
 
Exmo. Senhor Ministro do Ambiente,
 
Venho por este meio junto a vossa excelência apresentar um agradecimento bem como um protesto, em relação ao Parque eólico que foi construído na Serra do Açor, mais conhecido como Parque das Malhadas.
Como deve ser do conhecimento do Senhor Ministro, este mesmo Parque é uma fonte de energia renovável e não poluente.
As energias renováveis são fontes energéticas alternativas, como por exemplo, a energia solar, a energia hidráulica, a energia das marés, a energia geotérmica e a energia eólica.
A energia eólica é a que produz energia a partir da força do vento, como é do conhecimento de todos. Com estas energias, Portugal fica menos dependente do petróleo e de outras fontes não renováveis.
A infra-estrutura é composta por 15 aerogeradores, com uma capacidade unitária de 670 KW, sendo a potência instalada de 9,9 mw. Estes mesmos 15 aerogeradores produzem energia para abastecer 14 mil habitações.
Esta construção no Parque das Malhadas trouxe alguns benefícios o qual estar a produzir energia, mas com isto trouxe algumas desvantagens, ou seja, para a construção deste Parque tiveram que abater uma área elevada de florestação, tanto para a construção do Parque como para o desenvolvimento de acessos ao Parque.
Como é do conhecimento do Senhor Ministro, a Serra do Açor é considerada uma Paisagem Protegida e com efeito, propõe-se salvaguardar áreas rurais ou urbanas onde subsistem aspectos característicos na cultura e hábitos dos povos e promovendo determinadas actividades (agricultura, pastoreio, artesanato).
O interesse de lhe enviar esta carta é para lhe demonstrar o meu contentamento, mas por outro lado também o meu desagrado, com aquilo que foi referido anteriormente.
No meu ponto de vista, o Ministério do Ambiente deveria estar mais atento a este tipo de construção e por vezes fazer estudos intensivos para não prejudicarem as nossas Paisagens Protegidas, Parques Naturais. Reservas Naturais e o nosso Parque Nacional da Peneda-Gerês.
 
 
Com os melhores cumprimentos,
Coimbra, 03 de Março de 2008   
 
Paulo Jorge Silva Santos
 
Observações: Informo que esta carta foi publicada na internet, no blog http://paulojsantos.blogs.sapo.pt, para desta forma dar conhecimento a um maior número de pessoas possível.
P:S: A carta foi elaborada no âmbito das aulas de CLC no tema Recursos Naturais.
Nesta publicação as moradas e número de telefone não são reais.
Simplesmente Eu...
Paulo Santos


publicado por paulojsantos às 18:11
link do post | comentar | favorito

Domingo, 2 de Março de 2008
Perdão, não resisti. amei - te...
  
Entrei  foi de longe que olhei - te ,
e de longe olhaste vagamente,
e naquela noite, palco de romance,
saímos os dois,
 

porquê: não sei!
 

Quanta alegria se encerrava e,m mim,
e agora tenho recordações, somente!
 
 
Amei - te. como inquieto adolescente,
tremendo ao abraçar - te,
mas abracei - te.
 
Beijos, abraços, corações
misturando compassos,
perdão, não resisti, amei - te !
 
 
 
Simplesmente Eu...
 
Paulo Santos


publicado por paulojsantos às 07:19
link do post | comentar | favorito

Sábado, 1 de Março de 2008
Encantação...
Encontro no teu amor o ouro puro
O brilho que me dá luz, que me dá vida
Paixão que me ilumina qual Sol o dia
Tu és o meu desejo, tu és meu tudo

Não há amor igual no mundo, julgo
Que tal doçura tenha, tal magia
O teu carinho e ternura é que me guia
És razão do meu ser, te amo e adulo

Sem ti, nem é possível o paraíso
Pois em ti está todo o fim e princípio
És a razão do meu próprio coração

Sem ti, até o mundo, é tão escuro
Tão negro, tão vazio, tão confuso
Tu és, Amor, meu encanto e encantação
Simplesmente Eu...
Paulo Santos


publicado por paulojsantos às 09:45
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Peço desculpas...

Poemas de saudade...

Amizade...

Primeiro ano...

Amor...

Lua...

Festas em Souto do Brejo ...

Saudades . . .

Amizade. . .

Chamas da paixão . . .

arquivos

Outubro 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

links
blogs SAPO
subscrever feeds