Este blog é o meu blog pessoal, onde podem deixar comentários etc... Desde já obrigado pela a sua visita....
Segunda-feira, 3 de Março de 2008
Publicação da carta enviada ao Senhor Ministro do Ambiente...

(Serra do Açor, Parque eólico das Malhadas)
Paulo Jorge Silva Santos
Rua das Amoreiras Nº122
 0000-000 Coimbra
Telefone: 000 000 000
Ministério do Ambiente
Praça do Comércio Nº 23
0000-000 Lisboa
 
Assunto: Construção do Parque Eólico na Serra do Açor.
 
Exmo. Senhor Ministro do Ambiente,
 
Venho por este meio junto a vossa excelência apresentar um agradecimento bem como um protesto, em relação ao Parque eólico que foi construído na Serra do Açor, mais conhecido como Parque das Malhadas.
Como deve ser do conhecimento do Senhor Ministro, este mesmo Parque é uma fonte de energia renovável e não poluente.
As energias renováveis são fontes energéticas alternativas, como por exemplo, a energia solar, a energia hidráulica, a energia das marés, a energia geotérmica e a energia eólica.
A energia eólica é a que produz energia a partir da força do vento, como é do conhecimento de todos. Com estas energias, Portugal fica menos dependente do petróleo e de outras fontes não renováveis.
A infra-estrutura é composta por 15 aerogeradores, com uma capacidade unitária de 670 KW, sendo a potência instalada de 9,9 mw. Estes mesmos 15 aerogeradores produzem energia para abastecer 14 mil habitações.
Esta construção no Parque das Malhadas trouxe alguns benefícios o qual estar a produzir energia, mas com isto trouxe algumas desvantagens, ou seja, para a construção deste Parque tiveram que abater uma área elevada de florestação, tanto para a construção do Parque como para o desenvolvimento de acessos ao Parque.
Como é do conhecimento do Senhor Ministro, a Serra do Açor é considerada uma Paisagem Protegida e com efeito, propõe-se salvaguardar áreas rurais ou urbanas onde subsistem aspectos característicos na cultura e hábitos dos povos e promovendo determinadas actividades (agricultura, pastoreio, artesanato).
O interesse de lhe enviar esta carta é para lhe demonstrar o meu contentamento, mas por outro lado também o meu desagrado, com aquilo que foi referido anteriormente.
No meu ponto de vista, o Ministério do Ambiente deveria estar mais atento a este tipo de construção e por vezes fazer estudos intensivos para não prejudicarem as nossas Paisagens Protegidas, Parques Naturais. Reservas Naturais e o nosso Parque Nacional da Peneda-Gerês.
 
 
Com os melhores cumprimentos,
Coimbra, 03 de Março de 2008   
 
Paulo Jorge Silva Santos
 
Observações: Informo que esta carta foi publicada na internet, no blog http://paulojsantos.blogs.sapo.pt, para desta forma dar conhecimento a um maior número de pessoas possível.
P:S: A carta foi elaborada no âmbito das aulas de CLC no tema Recursos Naturais.
Nesta publicação as moradas e número de telefone não são reais.
Simplesmente Eu...
Paulo Santos


publicado por paulojsantos às 18:11
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Peço desculpas...

Poemas de saudade...

Amizade...

Primeiro ano...

Amor...

Lua...

Festas em Souto do Brejo ...

Saudades . . .

Amizade. . .

Chamas da paixão . . .

arquivos

Outubro 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

links
blogs SAPO
subscrever feeds