Este blog é o meu blog pessoal, onde podem deixar comentários etc... Desde já obrigado pela a sua visita....
Sexta-feira, 7 de Março de 2008
O último amor...

Era o último amor. A casa fria,
os pés molhados no escuro chão.
Era o último amor e não sabia
esconder o rosto em tanta solidão.

 

 

Era o último amor. Quem adivinha
o sabor breve pela escuridão?
Quem oferece frutos nessa neve?
Que rasga com ternura o que foi verão?
 
 
Era o último amor. O mais perfeito
fulgor do que viveu sem as palavras.
Era o último amor, perfil desfeito
entre lumes e vozes e passadas.
 
 
Era o último amor e não sabia
que os pés à terra nua oferecia.
 
 
Simplesmente Eu...
 
 
Paulo Santos


publicado por paulojsantos às 23:11
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Peço desculpas...

Poemas de saudade...

Amizade...

Primeiro ano...

Amor...

Lua...

Festas em Souto do Brejo ...

Saudades . . .

Amizade. . .

Chamas da paixão . . .

arquivos

Outubro 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

links
blogs SAPO
subscrever feeds